domingo, 6 de agosto de 2017

Atitude 94! A energia fotovoltaica chegou a galope no nosso rancho!


Telhado da nossa casa. Créditos! Elysia
Buenas gauchada do Rio Grande e de toda esta terra em redor que chamamos de mundo! 

Em 2008 implantamos no nosso rancho (residência) o orçamento doméstico, onde anotamos tudo o que envolve as receitas auferidas (salários principalmente), bem como os gastos e investimentos. 

Com o orçamento doméstico implantado, sabe-se onde está indo o dinheiro e em 2009 adotamos uma planilha baixada na internet, do contador e educador financeiro Reinaldo Domingos – a planilha DiSOP. E no item “Residência”, separamos as despesas por “contas contábeis”, como se fosse uma contabilidade de empresa. E uma destas contas de chama LUZ CEEE.

O maior pânico na nossa conta bancária era com a proximidade e a chegada do verão (e o verão todo e parte do outono) pois o consumo de energia aumentava vertiginosamente e isso se transformava em despesa que extrapolava o normal (onde devemos considerar que desde julho de 2009, temos instalado os nossos chuveiros movidos a gás).

Nos nossos orçamentos domésticos abaixo tivemos os seguintes gastos com energia elétrica (valores nominais):
1 – em 2009 – R$ 1.853,51 – com o pico na conta vencida em fevereiro – R$ 325,82
2 – em 2010 – R$ 1.969,85 – maior conta também em fevereiro – R$ 325,82
3 – em 2011 – R$ 2.175,44 – conta pico em fevereiro – R$ 325,91
4 – em 2012 – R$ 2.175,44 – maior conta vencida em abril – R$ 392,07
5 – em 2013 – R$ 1.985,61 – maior conta vencida em fevereiro – R$ 309,60
6 – em 2014 – R$ 2.391,65 – conta muito alta em abril – R$ 587,91
6 – em 2015 – R$ 2.901,40 – maior conta vencida em maio – R$ 417,47

Não faz muito tempo que começaram a surgir anúncios patrocinados no Facebook de empresas oferecendo este produto – energia fotovoltaica, oriunda da produção via raios solares, com injeção da energia produzida na rede que passa na frente do nosso rancho (casa)..... E em março de 2015 fizemos o primeiro contato com uma destas empresas, onde solicitaram uma cópia da conta de luz para nos fornecer um orçamento sem compromisso.... E este valor ficou entre R$ 33.000,00 e R$ 37.000,00. De vereda desistimos, pois era um valor fora das nossas condições de compra.

Créditos! Sítio Facebook da Elysia
Mas tudo o que é bom acaba se massificando e em novembro de 2016 surgiu na nossa vida a empresa Elysia, com uma proposta de instalação do projeto com oito placas fotovoltaicas. E o valor, devido à massificação, reduziu bastante.... e fechamos negócio.

A primeira conta com o sistema é de dezembro de 2016, com vencimento em janeiro de 2017. Ficamos monitorando a produção / consumo e decidimos colocar mais duas placas. E a conta vencida em junho de 2017 (agora com dez placas) foi de R$ R$ 58,25, com energia injetada/produzida de quase 100% em relação ao consumo, onde em torno da metade deste valor se refere a iluminação pública e tarifa de bandeira amarela. 

E a conta vencida em julho teve um valor nominal de R$ 29,99, onde o valor total desta conta se refere à iluminação pública e tarifa de bandeira amarela.

Assim como em 2009, quando instalamos os chuveiros a gás, onde reduzimos bastante a nossa conta de energia, agora nos sentimos muito mais satisfeitos com a instalação das placas fotovoltaicas, pois a energia que produzimos é limpa e a podemos utilizar sem os solavancos financeiros e no dia 05 de agosto fomos às compras pois vamos repor os chuveiros elétricos, pois, produzimos a energia vinda do astro rei (sol) e voltaremos a poupar gás, reduzindo drasticamente o seu consumo.  

Custo / Financiamento 

Já existe no sistema bancário, uma ou outra instituição financeira que tem financiamento específico para este tipo de projeto. 

Tentamos financiar via Banrisul, onde ainda não existe a oferta com juros menores para a aquisição do projeto de produção de energia fotovoltaica. Mas já existem alguns bancos privados que oferecem juros mais em conta para este fim. 

O que sabemos é que o SICREDI tem linhas de financiamento com juros menores e prazos específicos, conforme chasque (postagem) publicada aqui no sítio. Basta abrir as porteiras clicando em https://obolsodabombacha.blogspot.com.br/2017/07/financiamento-facilita-aquisicao-de.html 

Nós recorremos a nossa Cooperativa de Crédito Mútuo dos funcionários da Ascar Emater - a CRESAL. Financiamos em 24 vezes com juro aproximado de R$ 2% ao mês. Mas com a chegada da nossa aposentadoria, este financiamento, que venceria em dezembro de 2018, foi liquidado em junho deste ano. 

Em relação à empresa Elysia

Recomendamos aos novos clientes e consumidores, pois para eles, todos os clientes se tornam amigos e são top, pois o serviço de pós venda é simplesmente fantástico, pois monitoram a produção / consumo de energia de todos eles. Eis alguns caminhos para chegar até eles: 
 
1 - Eis o chasque da Elysia sobre a instalação do projeto aqui no nosso rancho (casa), clicando em http://www.elysia.com.br/blog/elysia-finaliza-segundo-projeto-sustentavel-em-alvorada/

2 - Eis o sítio oficial da Elysia. Abra as porteiras clicando em http://www.elysia.com.br/

3 - Sítio oficial da Elysia nos potreiros do Facebook: https://www.facebook.com/elysiaenergiasolar/

Baita abraço a todos

Valdemar Engroff - o gaúcho taura!